vitalves.com

Textos e contextos!
Versão Feminina

A Ovelha Negra (O retrato do preconceito) - vitalves

preconceito_racial_texto_vitalves A ovelha negra da família, é como ela é considerada. Ela é pura ousadia! Com ela a coisa fica preta! Liberdade, ou libertinagem, não importa! Ela quer prazer. Uma morenaça, da cor do pecado, sabe todo o poder que tem – o lado negro da força – dizem. Usa e abusa, lambuza! – Ela é louca – diz uma cafetina do bairro, incrédula. Ela é do tipo que chuta as crianças e dá um beijo no cachorro. A cada dia uma roupa, um namorado e um perfume. Seja Funk, Rap ou Samba, ela domina. Sedução, êxtase, coca-cola, adrenalina, ‘coca’!
Atualíssima, ela está na moda e moderniza! À noite, se diverte a trabalho, enquanto os homens dizem – preta Gostosa!
Nunca passa despercebida onde quer que vá. Sempre causando rumores: Críticas e elogios.
Felizmente não é discriminada devido à cor da sua pele, e sim devido a sua postura. Não há preconceito onde ela vive, há apenas restos imortais da descriminação naturalmente humana. A Ovelha Negra, a Preta gostosa, da Cor do Pecado, apesar do seu lado Negro, não sofre descriminação racial no país civilizado onde vive!
E assim ela vive.
Assim também sobrevive a discriminação racial escondida atrás de expressões usuais e rotineiras que passam despercebidas de geração a geração. A ovelha negra alimenta-se de ignorância humana!


( vitalves )

Mais lidos