vitalves.com

Textos e contextos!
Versão Feminina

Poema Vida – Paulo Esdras

Poema Vida Não sou só palavra,
Não sou tão pobre assim,
As vezes sou verso.
E de verso em verso, completo a mim.

Sou poema completo!
Não sou estrofe.
Não estou bem certo
Se o que sou é poesia ou recorte.

Vida que tem ritmo
Vida que muitas vezes rima
Mesmo sem rima sou verso
Mesmo sem verso sou poesia

Sou um livro aberto
Um livro sendo escrito
Sou o que escrevo, o que quero
Páginas infinitas num espaço finito.

Uma biblioteca serei!
Mas não uma biblioteca vazia
Livros bons e ruins que eu sei
Já fazem parte da vida

Sou conhecimento!
Comecei como verso
Do ar virei vento
Do vento, tempestade
Eu agora enfrento o tempo
Sem o tempo desdenho a idade.

O que é o conhecer se não puder passar
Morreria comigo, o pior egoísmo
Se enterrar comigo e não perpetuar

Por isso o melhor que fazemos,
Ao contrário dos falácias,
É divulgar a maravilha sem perder tempo:
As palavras não são apenas palavras...

( Paulo Esdras )

Mais lidos