vitalves.com

Textos e contextos!
Versão Feminina

Carlos Drummond de Andrade
(1902-1987)

Poeta, cronista, contista, tradutor. Publicou: poesia: Alguma poesia (1930); Brejo das almas (1934); Sentimento do mundo (1940); Poesias (1942); A rosa do povo (1945); Claro enigma (1951); Viola de bolso (1952); Fazendeiro do ar (1954); A vida passada a limpo (1959); Lição de coisas (1962); Boitempo (1968); As impurezas do branco (1973); A paixão medida (1980); Corpo (1984); Amar se aprende amando (1985); O amor natural (1992). Prosa: Confissões de Minas (1944) – (ensaios e crônicas); Contos de aprendiz (1951); Passeios na ilha (1952) – (ensaios e crônicas; Fala, amendoeira (1957) – (crônicas); A bolsa e a vida (1962) – crônicas e poemas; Cadeira de balanço (1970); O poder ultrajovem e mais 79 textos em prosa e verso (1972) – crônicas; Boca de luar (1984) - crônicas; Tempo vida poesia (1986).

Mais lidos